Suco Detox Emagrecedor


Uma boa pedida para o Breakfast…
Um suco, que além de ser saboroso e nutritivo, auxilia na queima de gorduras, diminui o apetite e lhe dá mais disposição para os afazeres do dia a dia.

Rico em vitaminas A, B e C; ferro; cálcio; potássio; cloretos; fósforo; iodo; fibras, colágeno… E com pouquíssimas calorias. Cerca de 200 calorias por cada 250 ml do suco.

Importante.
Para que não se perca as suas propriedades nutrias, o suco deve ser consumido imediatamente após o seu feitio. Nunca dever ser guardado para se tomar depois.
A vitamina C ajuda na absorção do ferro, e nunca deve ser misturado a derivados do leite. O leite impede a boa absorção do ferro.


Ingredientes
Para cada 250 ml de água gelada
2 laranjas sem casca e sem semente
1 colher (chá) de hortelã
3 folhas de couve manteiga
1 colher (chá) de gengibre fresco picado
1 colher (chá) de linhaça dourada em pó
2,5 gramas de Ágar-Ágar (kenton). Meio pacote.
Adoçante a agosto. 
(Tenho usado ultimamente a sucralose - derivada da sacarose - por não proporcionar outro sabor as minhas receitas, e também, poder ser levada ao forno e fogão quando necessário, alem de não ter efeito sobre a secreção de insulina e não ser tóxica ao organismo. Não deverá ser utilizada por portadores frutosemia.)

Modo de fazer
Coloque todos os ingredientes no liquidificador e misture por cerca de 4 minutos. Adoce a gosto.
Bom Apetite!



Canjiquinha


O Milho é rico em carboidratos e fibras, é uma ótima fonte de energia e ajuda a eliminar as toxinas do corpo, melhorando o funcionamento do organismo.

Dentre os componentes do milho, destacam-se as vitaminas A, B1 e C, o magnésio e o carotenóide. Este último composto é o que traz a cor do milho e duas de suas substâncias, a luteína e a zeaxantina, auxiliam na saúde dos olhos: elas protegem a visão dos raios ultravioletas e previnem a degeneração e até a catarata.

Assim sendo, além de nutritivo, o milho previne a ação dos radicais livres; auxilia no bom funcionamento intestinal; reduz os níveis de colesterol; reduz os níveis de glicose no sangue; previne problemas cardiovasculares; é fonte de betacaroteno, fibras e vitaminas; auxilia a metabolizar gordura mais rapidamente; auxilia no tratamento de prisão de ventre, pois melhora o trânsito intestinal e acelera a digestão; a vitamina A presente no milho proporciona mais brilho e vitalidade para a pele, as unhas e os cabelos.


A canjiquinha é uma iguaria brasileira típica do estado de Minas Gerais feita a partir de milho triturado grosseiramente até se esfarelar (a ponto de não passar por uma peneira) sendo cozido com carne de porco, carne de boi, linguiça ou frango.

Subproduto do milho, alimento que serviu de base da alimentação para os maias, os incas, índios brasileiros e para muitos imigrantes europeus que vieram para o Brasil, fugidos das guerras e da vida difícil de suas terras de origem.

Os índios foram responsáveis por difundir o milho como alimentação entre os portugueses, que o popularizaram e, ao longo do tempo, tornou-se indispensável para a base da culinária brasileira.

A canjiquinha foi por muito tempo, encarada como um alimento sem valor, porque se originava das sobras do milho e para a alimentação de pessoas pobres e dos escravos à época do Brasil Colônia. Com o tempo consagrou-se como uma iguaria típica da cozinha mineira.

Normalmente é servida em prato fundo, acompanhada de couve e pimenta.

Um prato muito simples de se preparar, delicioso e barato. Com apenas uma xícara de Canjiquinha, pode-se preparar uma panelada de uma rica  nutritiva ceia para os dias de inverno.

Ingredientes
- 1 xícara (chá) de canjiquinha
- 2 litros de água para o cozimento
- 350 gramas de molho de tomate
- 500 grama de carne moída
- 1 colher (chá) de banha de porco
- 150 gramas de toucinho defumado picado ou triturado
- 5 folhas de couve manteiga picadas ou trituradas
- 1 cebola (grande) picada ou triturada
- 1 pimentão verde picado ou triturado (opcional)
- 1 colher (sopa) de gengibre picado ou triturado (opcional)
- Hortelã (opcional)
- Temperos a gosto: alho; sal; pimenta do reino; pimenta malagueta; cheiro verde; caldo de carne.


Modo de fazer
1º - Em uma panela grande e funda, coloque a canjiquinha e a água e deixe cozinhar em fogo baixo, mexendo de tempos em tempos. Se necessitar, coloque mais água.
2º - Em outra panela, coloque a banha, o toucinho e deixe fritar.
3º - Adicione a cebola e deixe dourar.
4º - Em seguida, coloque os temperos e a carne. Refogue.
5º - Coloque seu refogado junto a canjiquinha, que já deve estar cozida.
6º - Acrescente o molho de tomate, a couve, a hortelã e o gengibre. Misture bem. Acerte o tempero. E pronto.

Bom apetite!

Ágar-ágar


Descoberto, por acaso, em 1650, no Japão, o ágar-ágar é uma gelatina que alguns gêneros de algas marinhas vermelhas contêm em suas células. É extraído de algas da classe Rodophyta, dos gêneros Gelidium, Gracilaria, Gelidiela e Pterocladia, principalmente.
Atualmente essa gelatina integra diversas dietas e preparados.
É também conhecida como ágar, gelatina vegetal e Kanten. No Japão, Kanten significa céu-frio, em alusão ao antigo método artesanal de produção sob intempérie, por congelamento-descongelamento natural.

A alga Gracilária Confervoides, também conhecida como Agar Agar Nacional, possui coloração cinza e gosto acentuado em comparação ao Agar Agar Importado.

É composto primariamente do sal de um éster de ácido sulfúrico do complexo polissacarídeo, agarose-agropectina, sais de cálcio; celulose; anidrogalactose; fibras (mais de 80%) e pequena quantidade de proteínas, conseqüentemente sendo rico sais minerais (Fósforo, Ferro, Potássio, Cloretos e Iodo), arginina, histidina, isoleucina, leucina, licina, metionina, fenilalanina, treonina, valina e alanina, vitaminas A, B1, B2, C, B12 e ácido fólico.

Ele não se dissolve em água fria, mas, em água quente, se expande bastante absorvendo até 20 vezes seu próprio peso, formando assim um gel não absorvível pelo corpo humano, não fermentável e atóxico.

Propriedades
É riquíssimo em fibras e absorve até 3 vezes seu volume em água, quando ingerido.
Seu teor calórico é baixíssimo, porém, gera sensação de saciedade sem prejudicar o organismo e auxilia no processo de evacuação pois tem efeito laxativo.
Seu poder geleidificante ser dez vezes maior do que o da gelatina convencional.
Não precisa ir para a geladeira para ficar firme, não derrete à temperatura ambiente e não altera o sabor original dos alimentos.

Onde comprar
O ágar-ágar é vendido em pó ou em lâminas, em lojas de produtos naturais, orientais, ou até nas grandes redes de supermercados.

Como usar
Uma colher (chá) de ágar-ágar para cada xícara (chá) de água aquecida.
Deixe ferver por dois minutos e misture ainda quente com
Frutas frescas e suco de frutas concentrado e adoçado, para obter uma deliciosa gelatina
Como substituto da gelatina animal tradicional
Preparar sobremesas, como por exemplo, um pudim de leite condensado de geladeira, mousses, geléias, balas
Preparar um Terrine, derramando a mistura sobre um presunto.

Referencias:



Chá de ágar-ágar

Desintoxicante e hidratante atua também na pele do corpo todo, inclusive a redução de processos de celulite, evita rugas e deixa a pele mais lisa e macia e, como é atóxica, não provoca qualquer tipo de reação indesejável.
Melhora o funcionamento intestinal, melhora a absorção de nutrientes ingeridos e ainda atua na redução de peso, pela sensação de saciedade que promove.

Como fazer chá de ágar-ágar
Misture, num copo de água morna, uma colher de chá do pó de ágar-ágar e  vá mexendo até se dissolver bem.
Este chá não possui sabor algum, se preferir, acrescente alguma erva de sua preferência (opcional - alecrim, hortelã, funcho…) para proporcionar o sabor desejado.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...